Av. General Rodrigo Otávio, 3000, Campus Universitário UFAM - Coroado

Whatsapp +55 92  98138-2677
+55 92  98138-2677


Viva Melhor


   




MPF ajuíza nova ação contra decreto que extingue cargos e funções em instituições de ensino



Data: 08/08/2019

Em continuidade às ações para suspender os efeitos do Decreto 9.725/2019, que prevê a extinção de cargos em comissão e funções de confiança no âmbito da Administração Pública Federal, o Ministério Público Federal (MPF) ajuizou, no dia 5, nova Ação Civil Pública (ACP). Desta vez, o objetivo é evitar que a Universidade Federal de Goiás (UFG) paralise ou suspenda atividades administrativas ou acadêmicas em virtude dos eventuais cortes de pessoal.

No último dia 2, o MPF ajuizou ACP análoga com relação ao Instituto Federal de Goiás (IFG) e ao Instituto Federal Goiano (IF Goiano). Ambas as ações foram distribuídas à 3ª Vara da Justiça Federal em Goiás. No caso da UFG, os cortes comprometem desde atividades de infraestrutura até o desenvolvimento de experimentos de pesquisa, projetos de inovação e de extensão.

Entenda

O decreto passou a gerar efeitos concretos e imediatos na UFG, no IFG e no IF Goiano a partir de 31 de julho. Na prática, o resultado será a extinção de cargos e funções e a consequente exoneração e dispensa de servidores ocupantes dos cargos em comissão e das funções de confiança. No entanto, de acordo com as apurações feitas pelo MPF, a suposta economia gerada com os cortes é ínfima diante dos impactos negativos às instituições de ensino, evidenciando que a medida, além de ilegal e inconstitucional, é também desarrazoada e desproporcional.

Fonte:
MPF


Galeria de Fotos
 




energia solar manaus

Manaus/Amazonas
Av. General Rodrigo Otávio, 3000, Campus Universitário UFAM - Coroado

energia verde

CENTRAL DE ATENDIMENTO:
+55 92  98138-2677
+55 92  98138-2677
aduasindicato@gmail.com

ADUA DIGITAL