Av. General Rodrigo Otávio, 3000, Campus Universitário UFAM - Coroado

Whatsapp +55 92  98138-2677
+55 92  98138-2677


Viva Melhor Viva Melhor


   


  03/12/2020


‘ADUA de Luta e pela Base!’ é eleita para comandar diretoria no biênio 2020-2022



A chapa 1 “ADUA de Luta e pela Base!” foi eleita com 277 votos para comandar a diretoria da Seção Sindical durante o biênio 2020-2022. A votação virtual ocorreu nos dias 17, 18 e 19 novembro. As eleições para a diretoria da ADUA e para o Conselho de Representantes de Unidades (Crad) foram realizadas remotamente pela primeira vez na história, em função da pandemia da Covid-19. A posse será realizada virtualmente no dia 3 de dezembro, às 15h. O link para participação será encaminhado aos/às docentes.


A chapa eleita traz a seguinte composição: presidenta Ana Lucia Silva Gomes; 1º vice-presidente Aldair Oliveira de Andrade, 2ª vice-presidente José Alcimar de Oliveira; 1ª secretária Maria Rosária do Carmo; 2ª secretária Valmiene Florindo Farias Sousa, 1ª tesoureiro Antônio José Vale da Costa e 2º tesoureira Elciclei Faria dos Santos.


No total, a eleição contou com 286 votantes. Além dos 277 votos na chapa 1, foram registrados 5 (cinco) abstenções e 4 (quatro) votos nulos, conforme dados divulgados pela Comissão Eleitoral Local (CEL). Em reunião por videoconferência, no dia 23 de novembro, a CEL encerrou oficialmente as eleições, após o resultado da apuração dos votos ser publicada e não terem sido apresentados pedidos de reconsideração até o prazo estabelecido (21/11). A CEL é formada pela professora Iolete Ribeiro da Silva (Presidenta), professor Luiz Fernando de Souza Santos e docente Silvia Cristina Conde Nogueira.


A presidenta eleita da ADUA, Ana Lúcia Gomes, comentou que nunca se experimentou um cenário tão assustador e que, apesar de todo momento ser hora de lutar, acredita que, mais do que nunca, é preciso união para fortalecer nosso sindicato.  “Em tempos de desvalorização da educação e da carreira docente, de negação da ciência, de devastação da Amazônia, de genocídio de povos indígenas, de fundamentalismo de todas as naturezas, de ataques e agressões aos direitos históricos de mulheres, negros, quilombolas e da população LGBT, os desafios se agigantaram”, disse.


Sobre os principais desafios da gestão, a docente ressaltou que a ADUA sempre teve como princípio basilar manter a defesa inegociável da educação pública, gratuita e de qualidade. “Do ponto de vista da pauta local, queremos intensificar a luta pela melhoria das condições de trabalho docente na sede e nos campi fora da sede, seremos sempre resistência a burocratização e ao esvaziamento das instâncias decisórias na Ufam e não abriremos mão de combater toda e qualquer forma de assédio”, comentou.


 Os objetivos da nova diretoria é manter o sindicato como um espaço de resistência aos ataques do governo federal. “Nossa diretoria, conjuntamente com os demais companheiros que sempre participaram ativamente da ADUA, permanecerá cada vez mais em estado de resistência e luta, pois somente assim poderemos assegurar direitos e obter conquistas para nossa categoria docente, evitando o aprofundamento da precarização do ensino público e das condições de trabalho em nossa instituição”, destacou.

 

Sistema Digital


As eleições para a diretoria da ADUA foram realizadas remotamente devido à pandemia do coronavírus. O formato da eleição foi definido em Assembleia Geral Virtual, no dia 11 de setembro. Anteriormente, o processo eleitoral havia sido suspenso em razão da necessidade de distanciamento físico recomendado pelas autoridades sanitárias e o mandato da diretoria (gestão 2018-2020) prorrogado.


Para facilitar a compreensão de todos os/as sindicalizados/as apto/as a votar, a ADUA disponibilizou um tutorial em vídeo sobre o procedimento e artes gráficas que foram publicadas no site e nos perfis da Seção Sindical nas redes sociais, além de enviadas para o e-mail dos/as votantes e smartphones via aplicativo WhatsApp. A participação de quase 300 filiados/as atesta o sucesso das eleições.

 

Organização eleitoral


O processo eleitoral foi executado seguindo o calendário oficial que teve como datas: inscrição de chapas para disputar a diretoria e dos integrantes do Conselho de Representantes das Unidades (Crad) - 23/09 até 07/10; homologação das chapas - 08/10 e 09/10 (); pedido de reconsideração à CEL - 13/10; resposta aos pedidos de reconsideração – 14/10; período para campanha eleitoral - 15/10 a 16/11; eleições - 17, 18 e 19 de novembro; contagem de votos e publicação do resultado – 19 de novembro; pedido de reconsideração à Comissão sobre o resultado – 21/11; e resposta aos pedidos de reconsideração – 22/11.


Para conhecimento amplo de todos/as, a ADUA divulgou  em suas páginas e perfis oficiais na internet, além do calendário eleitoral, o Regimento Eleitoral, a lista completa dos/as professores/as aptos/as a votar; as fichas de inscrição para concorrer à diretoria da ADUA e ao Crad. A ADUA divulgou também os contatos da secretaria da Seção Sindical como meio para tirar dúvidas.

 

Fonte: ADUA



Galeria de Fotos
 

 

COMENTÁRIO:


NOME:


E-MAIL:

 






energia solar manaus

Manaus/Amazonas
Av. General Rodrigo Otávio, 3000, Campus Universitário UFAM - Coroado

energia verde

CENTRAL DE ATENDIMENTO:
+55 92  98138-2677
+55 92  98138-2677
aduasindicato@gmail.com

ADUA DIGITAL