Av. General Rodrigo Otávio, 3000, Campus Universitário UFAM - Coroado

Whatsapp +55 92  98138-2677
+55 92  98138-2677


Viva Melhor


   


  20/04/2020



Presidente do Senado sugere reedição da MP 905 que caduca nesta segunda



O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM), sugeriu em sua conta do Twitter, no domingo (19), a reedição da Medida Provisória 905, a “MP da Carteira de Trabalho Verde Amarela”, que perde a validade nesta segunda-feira (20), caso não seja votada.

 

A MP é um ato do presidente da República e entra em vigor quando publicada, mas precisa ser aprovada em até 120 dias no Congresso Nacional para se tornar permanente. Caso isso não ocorra, a MP “caduca”. É necessário redobrar a pressão para que os senadores não votem a MP e urgente impedir que Bolsonaro reedite a medida que irá causar desemprego em massa no país, redução de direitos e mais precarização das condições de trabalho.

 

“Estão mentindo que a MP 905 é para gerar empregos. É uma bolsa patrão que reduz direitos e permitirá que as empresas façam demissões em massa, o que vai agravar ainda mais o desemprego no país”, afirma o integrante da Secretaria Executiva Nacional da Central Sindical e Popular Conlutas (CSP-Conlutas) Luiz Carlos Prates, o Mancha.

 

O dirigente denuncia a perversidade da MP 905 neste momento em que os/as trabalhadores/as enfrentam medos e incertezas diante do aprofundamento da crise econômica decorrente da pandemia do corona vírus. “Esta medida já era um intenso ataque à classe trabalhadora. Neste momento se torna cruel, perversa e mostra que Bolsonaro e seus amigos empresários querem que os trabalhadores se lixem para que mantenha seus lucros”, afirma.

 

Fonte: CSP-Conlutas com edição da ADUA-SSind.

 

Leia também

Trabalhadores precisam impedir votação no Senado de “MP da Carteira Verde Amarela”



Galeria de Fotos
 

 

COMENTÁRIO:


NOME:


E-MAIL:

 






energia solar manaus

Manaus/Amazonas
Av. General Rodrigo Otávio, 3000, Campus Universitário UFAM - Coroado

energia verde

CENTRAL DE ATENDIMENTO:
+55 92  98138-2677
+55 92  98138-2677
aduasindicato@gmail.com

ADUA DIGITAL