Av. General Rodrigo Otávio, 3000, Campus Universitário UFAM - Coroado

Whatsapp +55 92  98138-2677
+55 92  98138-2677


Viva Melhor


   


  12/03/2020



Ufam volta atrás após anunciar corte de 54% bolsas de monitoria



 

O ano acadêmico na Universidade Federal do Amazonas (Ufam) começou com o corte de 54% das bolsas de monitoria. A redução foi anunciada por meio do ofício nº 032/2020 do Departamento de Programas Acadêmicos (DPA) da Pró-Reitoria de Ensino de Graduação (Proeg), encaminhado, no último dia 6, para diretores e coordenadores. 

 

Mas, nesta quinta-feira (12), em seu site oficial, Ufam informou que "recebeu R$ 950 mil para investir em atividades de ensino, pesquisa e extensão" e "o valor será destinado à Pró-reitoria de Ensino de Graduação (Proeg) para o fomento do Programa de Monitoria. Por esta medida, todas as 305 bolsas pleiteadas para 2020/1 estão asseguradas".

 

“O corte das bolsas de monitoria é uma pequena amostra do que o projeto de destruição da educação pública desenvolvido pelo governo federal tem reservado para as universidades, o orçamento em custeio para a Ufam em 2020 é 45 % menor que o de 2019, ou seja, este é o início dos cortes neste ano, ou reagimos e enfrentamos este projeto, ou veremos definhar a universidade definhar em curto prazo”, afirmou o presidente da ADUA, professor Marcelo Vallina.


Redistribuição


No primeiro anúncio, com os cortes, sobrariam apenas 70 bolsas para as unidades fora da sede (Parintins, Itacoatiara, Coari, Benjamin Constant e Humaitá), sendo duas bolsas por curso, e 72 bolsas para a capital. Neste último caso, conforme o ofício da Ufam, as unidades receberam um número de bolsas igual ao número de cursos vinculados ou número de departamentos, sendo priorizados os com maior quantidade. 


Nas unidades fora da sede, as bolsas por curso foram reduzidas de três para duas. “Simplesmente vamos informar ao aluno que ele não irá mais receber a bolsa? os coordenadores de curso conversaram, agora pela manhã [de quinta-feira, dia 12], e decidimos fazer um documento dirigido à coordenação acadêmica para negociar os cortes”, disse a coordenadora do curso de Zootecnia no ICSEZ, em Parintins, Soraya Freitas.

 

No ofício nº 032/2020, a universidade havia informado que esta distribuição das bolsas foi decidida, no dia 4 de março, pela Comissão de Monitoria, e que os cursos que anteriormente ficaram sem bolsas continuarão na mesma situação, “porque a análise da comissão de monitoria para concessão de bolsas, publicada em 28 de novembro de 2019, não foi alterada”.

 

Já nesta quinta, no site oficial da Ufam, o pró-reitor de Ensino de Graduação, professor David Lopes Neto, promete a que irá atender 100% da demanda de bolsas de monitoria para os alunos da capital e interior. "Já conversamos com a Pró-reitoria de Planejamento para verificar a alocação dos recursos dentro do orçamento da Proeg. E nesta tarde, a comissão de bolsas se reunirá para refazer esse planejamento e comunicar as unidades acadêmicas”, disse.


Fonte: ADUA-SSind. 

 



Galeria de Fotos
 

 

COMENTÁRIO:


NOME:


E-MAIL:

 






energia solar manaus

Manaus/Amazonas
Av. General Rodrigo Otávio, 3000, Campus Universitário UFAM - Coroado

energia verde

CENTRAL DE ATENDIMENTO:
+55 92  98138-2677
+55 92  98138-2677
aduasindicato@gmail.com

ADUA DIGITAL