Av. General Rodrigo Otávio, 3000, Campus Universitário UFAM - Coroado

Whatsapp +55 92  98138-2677
+55 92  98138-2677


Viva Melhor


   


  31/01/2020



Câmara quer acelerar corte salarial de servidores



 

 

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, afirmou em um evento internacional de investidores que a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) n° 186/19, a chamada pelo governo Bolsonaro de "Emergencial”, está em análise no Senado e poderá ter rito de votação abreviado na Câmara dos Deputados, tendo parte de seu texto promulgado imediatamente depois de votada pelos deputados. A PEC prevê o corte de até 25% da jornada e do salário de servidores públicos que recebem acima de três salários mínimos. 

 

A Câmara quer ainda a incorporação da PEC 186/19 à PEC 438/18, que prevê diretrizes para controle de despesas obrigatórias, institui plano para revisão das despesas e regulamenta a "Regra de Ouro" (proíbe a realização de operações de crédito que excedam as despesas de capital). A PEC 438/18 teve sua admissibilidade aprovada pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania em dezembro passado e será analisada agora por uma comissão especial. Na prática, as duas medidas reduzem os gastos com servidores públicos. “O governo federal não pode se endividar para pagar despesas como folha salarial, manutenção de órgãos e programas sociais”, afirmou Rodrigo Maia. 

 

Reforma Tributária

 

O presidente da Câmara declarou que a Contrarreforma Tributária também terá tramitação acelerada. A Câmara planeja criar uma comissão mista composta por deputados e senadores. Caso seja aprovada, mais uma vez a classe trabalhadora será prejudicada pelo governo Bolsonaro. 

 

Fonte: Portal Money Times com edição da ADUA-SSind

 

Leia também

Considerações da Assessoria Jurídica do ANDES-SN sobre a PEC Emergencial do governo de Jair Bolsonaro

 



Galeria de Fotos
 

 

COMENTÁRIO:


NOME:


E-MAIL:

 






energia solar manaus

Manaus/Amazonas
Av. General Rodrigo Otávio, 3000, Campus Universitário UFAM - Coroado

energia verde

CENTRAL DE ATENDIMENTO:
+55 92  98138-2677
+55 92  98138-2677
aduasindicato@gmail.com

ADUA DIGITAL