Av. General Rodrigo Otávio, 3000, Campus Universitário UFAM - Coroado

Whatsapp +55 92  98138-2677
+55 92  98138-2677


Viva Melhor


   


  30/01/2020



MPF pede esclarecimentos ao MEC sobre falhas no Sisu



 

 

Estudantes que tentam acessar a lista de espera do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) denunciaram novos problemas nesta quarta-feira (29). Dificuldade em realizar a inscrição e nas vagas destinadas a Pessoas com Deficiência (PDC) estão entre os problemas identificados. O Ministério Público Federal (MPF) solicitou esclarecimentos ao ministro da Educação de Bolsonaro, Abraham Weintraub.

 

Há relatos de que o portal do Sisu, do Ministério da Educação (MEC), não permite que as inscrições sejam feitas e que uma mensagem informa que o prazo encerrou. Os candidatos que tinham feito inscrição em um curso também não estão conseguindo se inscrever na lista de espera das demais opções.

 

Na terça-feira (28), o presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), João Otávio de Noronha, atendeu ao recurso da Advocacia-Geral da União (AGU), autorizando a divulgação dos resultados do Sisu, que estava suspensa pela Justiça Federal. A medida foi prejudicial, conforme declarou o presidente da União Nacional dos Estudantes (UNE), Iago Montalvão. “Os estudantes ficam a ver navios, falta transparência”, afirmou.

 

Vagas para PCDs

 

O MPF também detectou indícios de falhas no Sisu. Em relação a oferta de vagas destinadas a PDCs, o sistema também está apresentando erros na lista de espera. Segundo despacho do procurador Felipe Fritz Braga divulgado, nesta quarta, um “expressivo número de cursos em todo o país” teve vagas reservadas à população com deficiência em número inferior ao determinado pelas normas, de acordo com a Lei nº 12.711/2012 (a Lei de Cotas). “Ou mesmo não tiveram nenhuma vaga reservada para esses candidatos.” 

 

Os inéditos erros na correção de quase seis mil provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2019 e as falhas no Sisu são apenas o último grande problema da gestão do ministro Abraham Weintraub que é marcada por uma longa série de polêmicas, ataques a estudantes, professores e universidades públicas.

 


Leia também: Falha do MEC: Questões do Enem não foram pré-testadas

 

Fonte: Rede Brasil Atual com edição da ADUA-SSind



Galeria de Fotos
 

 

COMENTÁRIO:


NOME:


E-MAIL:

 






energia solar manaus

Manaus/Amazonas
Av. General Rodrigo Otávio, 3000, Campus Universitário UFAM - Coroado

energia verde

CENTRAL DE ATENDIMENTO:
+55 92  98138-2677
+55 92  98138-2677
aduasindicato@gmail.com

ADUA DIGITAL