Av. Rodrigo Otávio Jordão Ramos, 6.200, Campus Universitário da UFAM, Setor Sul Coroado - CEP 69080-900 - Manaus/Amazonas

Whatsapp +55 92  98138-2677
+55 92 4104-0031


Viva Melhor


   


  02/05/2022


Dia de Luta do Trabalhador e da Trabalhadora: Brasil tem 11,9 milhões desempregados



 

 

Neste Dia de Luta do Trabalhador e da Trabalhadora (1) não há o que se comemorar no Brasil com 11,9 milhões pessoas desempregadas, segundo os últimos dados do IBGE. Em Manaus e em diversas partes do país foram registrados protestos com a política econômica de Jair Bolsonaro que, em pouco mais de três anos de governo, aumentou o desemprego, os preços dos combustíveis, os índices inflação, com impacto no gás de cozinha e no preço dos alimentos, e o número de pessoas em situação de fome e miséria no país.

 

Na capital amazonense, manifestantes realizaram um ato contra o governo, na Praça do Congresso, no Centro. Conforme matéria do G1 Amazonas, as pessoas realizaram uma passeata até ao Largo São Sebastião segurando cartazes pedindo a saída do presidente e criticando as medidas que prejudicam a Zona Franca de Manaus (ZFM). Outro grupo segurava cruzes, representando os profissionais de saúde que atuaram na pandemia da covid-19. Indígenas participaram, pedindo a saída do presidente pela sua sobrevivência e da Amazônia.

 

A luta da ADUA, assim como do ANDES-SN e de suas demais seções sindicais, é para que todos e todas tem um emprego digno e que toda a classe trabalhadora seja crítica e livre!

 

Em nota sobre a data, a Central Sindical e Popular Conlutas (CSP-Conlutas) ressaltou que durante a pandemia a classe trabalhadora e a maioria da população mundial enfrentou morte, doença, desemprego e aumento da miséria, enquanto bilionários ficaram ainda mais ricos, não só apesar da crise sanitária, mas em razão dela. “É em meio a essa situação que teremos o 1° de maio deste ano, dia internacional de luta dos trabalhadores, data histórica que simboliza a luta em defesa dos interesses da nossa classe contra a exploração e opressão capitalistas”.

 

 

Além de Manaus, foram registrados protestos em cidades como São Paulo, Belém, Fortaleza, Brasília, São Luís, Vitória e Aracaju. “Estamos vendo uma onda de mobilizações no país, em que diversas categorias explodem em lutas contra a situação de carestia dos alimentos, preços dos combustíveis, destruição do meio ambiente e ataques aos direitos, promovidos por governos e patrões”.

 

Fontes: IBGE e CSP-Conlutas



Galeria de Fotos
 

 

COMENTÁRIO:


NOME:


E-MAIL:

 






energia solar manaus

Manaus/Amazonas
Av. Rodrigo Otávio Jordão Ramos, 6.200, Campus Universitário da UFAM, Setor Sul Coroado - CEP 69080-900 - Manaus/Amazonas

energia verde

CENTRAL DE ATENDIMENTO:
+55 92 4104-0031
+55 92  98138-2677
aduasindicato@gmail.com

ADUA DIGITAL