Av. Rodrigo Otávio Jordão Ramos, 6.200, Campus Universitário da UFAM, Setor Sul, bairro Coroado - CEP 69077-900 - Manaus/Amazonas

Whatsapp +55 92  98138-2677
+55 92 4104-0031


Viva Melhor


   


  29/03/2022


Ditadura nunca mais! – Manaus irá realizar 1ª edição da Caminhada do Silêncio



 

 

Manaus (AM) irá participar pela primeira vez da Caminhada do Silêncio – Manifestação Silenciosa Contra a Violência -, ato público em protesto contra a Ditadura e todas as formas de violência estatal e em memória as suas vítimas. A manifestação está programada para ocorrer na quinta-feira (31), dia do Golpe de 64, com concentração a partir das 18h (horário local), no Largo São Sebastião, no centro da capital. A ADUA e mais de 15 outras entidades apoiam e participam da atividade. No mesmo dia, será realizada a 2ª edição da Caminhada em São Paulo (SP), organizada pelo movimento Vozes do Silêncio.

 

No dia 31 de março de 1964, foi deflagrado um golpe de Estado que instaurou um regime de exceção no Brasil por 21 anos. Durante esse período de autoritarismo, censura e repressão, muitas pessoas – entre elas professores(as), jornalistas, políticos, artistas e lutadores(as) sociais – foram perseguidas, torturadas, assassinadas e desapareceram.

 

Em Manaus, o objetivo do ato é reafirmar o posicionamento contra a Ditadura e denunciar as ações fascistas do atual governo federal. Nesses últimos anos, o presidente da república Jair Bolsonaro – apoiador do Golpe de 1964 – potencializou o aumento da retirada de direitos, da corrupção, da violência, do racismo, do feminicídio e contribuiu diretamente para o genocídio do povo brasileiro durante a pandemia da covid-19. Neste último caso, o Amazonas foi um dos principais afetados devido à negligência do Estado que asfixiou centenas de pessoas.

 

Além da ADUA, estão entre as entidades que apoiam a manifestação: Sindicato dos Jornalistas do Amazonas, Sindicato dos Servidores da Justiça Trabalho da 11ª Região e Justiça Federal do Amazonas (Sitra-AM), Coletivo de Mulheres da Educação, Cia de Teatro Vitória Régia, Partido dos Trabalhadores – Núcleo de Petrópolis (PT), Partido Comunista Brasileiro (PCB), Articulação Amazônica do Povo Tradicional de Matriz Africana (Aratrama), Articulação de Mulheres do Amazonas, Associação de Desenvolvimento Sócio Cultural Toy Badé, União da Juventude Comunista e Frente Cabana em Defesa da Vida. 

 

Em São Paulo, a II Caminhada do Silêncio será realizada também no dia 31 de março, nos Portões 7 e 8 do Parque Ibirapuera. A concentração irá ocorrer às 17h (horário local), na Praça da Paz. Às 19h terá início a caminhada rumo ao monumento dos mortos e desaparecidos políticos. Assim como na primeira, a 2ª edição da Caminhada irá lembrar as vítimas de violência do Estado como os(as) militantes da luta pela terra, os(as) indígenas e os mortos pela covid-19, e nomes como da vereadora Marielle Franco e do congolês Moïse Kabagambe.

 

Fonte: ADUA com informações do Movimento Vozes do Silêncio



Galeria de Fotos
 

 

COMENTÁRIO:


NOME:


E-MAIL:

 






energia solar manaus

Manaus/Amazonas
Av. Rodrigo Otávio Jordão Ramos, 6.200, Campus Universitário da UFAM, Setor Sul, bairro Coroado - CEP 69077-900 - Manaus/Amazonas

energia verde

CENTRAL DE ATENDIMENTO:
+55 92 4104-0031
+55 92  98138-2677
aduasindicato@gmail.com

ADUA DIGITAL