Av. Rodrigo Otávio Jordão Ramos, 6.200, Campus Universitário da UFAM, Setor Sul, bairro Coroado - CEP 69077-900 - Manaus/Amazonas

Whatsapp +55 92  98138-2677
+55 92 4104-0031


Viva Melhor


   


  28/03/2022


"Fora Bolsonaro" foi um dos focos do primeiro dia do 40º Congresso do ANDES-SN



 

 

A manutenção da luta pelo “Fora Bolsonaro” foi reafirmada durante o 40º Congresso do ANDES-SN, que teve início no domingo (27 de março) e se estende até 1º de abril, em Porto Alegre (RS). A delegação da ADUA, composta por seis professores e quatro professoras, participa do encontro que tem como tema “A vida acima dos lucros: ANDES-SN 40 anos de luta!”. Com a participação de mais de 640 docentes, essa edição do evento já é considerada a maior da história.

 

Desde o início de seu governo, Jair Bolsonaro foi responsável por sucessivos ataques contra a Educação e os(as) docentes. Foram cortes nos orçamentos das instituições de ensino e em bolsas de ensino e pesquisa, criação de contrarreformas, censura nas escolas, intervenções nas universidades, perseguição política a professores(as), suspensão de reajuste salarial para servidores(as) e uma série de outros desafios. Sem contar com o negacionismo praticado e estimulado e provou a perda da vida de milhares de brasileiros(as), entre eles(as) trabalhadores(as) da área educacional.

 

“Nos colocamos a disposição para lutar em defesa dessa universidade e para derrotar as intervenções nas universidades em todo o Brasil. Vivemos também um momento muito tenso onde o povo brasileiro e a classe trabalhadora foram abatidos em diversos momentos pela insanidade negacionista desse governo, pela incapacidade de ter políticas públicas para combater a pandemia da covid-19 e muitas vidas foram abatidas”, afirmou o 1º presidente em exercício e vice-presidente do ANDES-SN, Milton Pinheiro.

 

A primeira plenária abordou o tema “Conjuntura e o Movimento Docente”. As discussões foram orientadas por 14 textos do Caderno de Textos. Cada um(a) dos(as) autores(as) tiveram sete minutos para apresentar seus argumentos. Entre os temas dos textos estiveram “Fora Bolsonaro! Revogar as contrarreformas! Reajuste salarial e recomposição orçamentária! Retorno presencial com segurança!” e “Derrotar o bolsonarismo e resgatar o ANDES-SN – autônomo, classista e combativo”.

 

Em seguida, ocorreu a plenária do Tema 1 – que não é deliberativa – para apresentação de posições e análises. Esses debates contribuirão para orientar as discussões nos Grupos de Trabalho (GTs) e as deliberações nas plenárias seguintes. Muitas falas abordaram as eleições presidenciais deste ano e a importância da manutenção da defesa pelo “Fora Bolsonaro”, sem abrir mão da autonomia política do ANDES-SN.

 

Entre outros temas debatidos, no primeiro dia do Congresso, estiveram a importância da luta contra a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 32/2020 – a chamada Reforma Administrativa -, que ataca frontalmente o serviço público brasileiro, além das guerras pelo mundo, incluindo a da Ucrânia, a pandemia, a crise sanitária, o aprofundamento das crises social e financeira, a carestia, o desemprego, a fome e a resistência de mulheres, negros(as), indígenas, quilombolas, ribeirinhos(as) e população LGBTQIA+.

 

Diversidade participativa

 

 

Professoras e professores de universidades federais e estaduais, institutos federais e Cefets de várias partes do país se reúnem neste primeiro encontro deliberativo presencial do ANDES-SN, desde o início da pandemia da covid-19, em março de 2020. Além de integrantes da diretoria nacional e das seções sindicais, participaram da mesa de abertura representantes de entidades da classe trabalhadora, movimentos sociais, indígenas e estudantis.

 

O encontro contou, ainda, com a presença de convidados(as) como Maria Caridad Corder, da Central dos Trabalhadores de Cuba (CTC), que falou sobre o bloqueio econômico imposto à Cuba pelo governo dos Estados Unidos há mais de 60 anos, e o representante do Coletivo dos Estudantes Indígenas da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Woia Paté Xokleng, que fez uma oração em homenagem aos anos de luta do ANDES-SN.

 

Também participaram representantes de entidades como CSP-Conlutas, Sinasefe, Fórum Sindical, Popular e de Juventudes de Luta pelos Direitos e pelas Liberdades Democráticas, Frente Nacional Contra a Privatização da Saúde e Federação Nacional dos Estudantes em Ensino Técnico (Fenet).

 

Delegação da ADUA

 

 

Estão representando a ADUA no Congresso como delegados(as) os docentes Marcelo Seráfico (IFCHS), José Alcimar de Oliveira (IFCHS), Lucas Milhomens (ICSEZ), Jacob Paiva (Faced) e as professoras Karime Bentes (ICE), Elciclei Faria (Faced) e Rosário do Carmo (ICE). A professora Ana Lúcia Gomes foi apontada como representante da diretoria para delegada. Como observadores ficaram os docentes Douglas Ferreira de Paula (IEAA) e André Bordinhon (IEAA).

 

Fotos: ADUA/Sue Anne Cursino

 

Fontes: ADUA e ANDES-SN



Galeria de Fotos
 

 

COMENTÁRIO:


NOME:


E-MAIL:

 






energia solar manaus

Manaus/Amazonas
Av. Rodrigo Otávio Jordão Ramos, 6.200, Campus Universitário da UFAM, Setor Sul, bairro Coroado - CEP 69077-900 - Manaus/Amazonas

energia verde

CENTRAL DE ATENDIMENTO:
+55 92 4104-0031
+55 92  98138-2677
aduasindicato@gmail.com

ADUA DIGITAL