Av. Rodrigo Otávio Jordão Ramos, 6.200, Campus Universitário da UFAM, Setor Sul Coroado - CEP 69080-900 - Manaus/Amazonas

Whatsapp +55 92  98138-2677
+55 92 4104-0031


Viva Melhor


   


  17/02/2022


Em Manaus, SPFs cobram reposição salarial em ato público nesta sexta



 

Servidores(as) públicos(as) federais realizam, nesta sexta-feira (18), em Manaus, ato público para exigir do governo federal reposição salarial, prevista constitucionalmente. A manifestação faz parte da campanha nacional da categoria, que contará com mobilizações nesta sexta em várias partes do país.

 

O ato está previsto para ocorrer a partir das 16h (horário de Manaus), em frente à sede do Sinasefe, no Centro da cidade. A ADUA somará forças à manifestação organizada pelo Sindicato Nacional dos Servidores Federais da Educação Básica Profissional e Tecnológica (Sinasefe).

 

"A ADUA participa deste ato simbólico, que faz parte da agenda de luta dos Servidores Públicos Federais. O intuito é se aliar aos companheiros do Sinasefe no Amazonas e defender recomposição salarial para o conjunto dos servidores públicos. Exigimos do Governo Federal respeito a todas as categorias de servidores e não apenas aquelas de seu interesse. Sinalizamos com este ato, pedido de abertura de negociação quanto a defasagem salarial no âmbito dos SPF", afirmou a presidente da ADUA, professora Ana Lúcia Gomes. 

 

Nesta sexta-feira completou-se um mês de silêncio do governo federal sobre a pauta de reivindicações da categoria protocolada em 18 de janeiro

 

Em Brasília, também está previsto a realização de ato às 9h, em frente ao Ministério da Economia, com participação do ANDES-SN, Fonasefe e outras entidades.

 

Reivindicações

 

Os(As) servidores(as) reivindicam: 1. Reajuste salarial de 19,99%; 2. Arquivamento da PEC 32 (Reforma Administrativa); e 3. Revogação da Emenda Constitucional (EC) 95/2016, a PEC do Teto dos Gastos.

 

Devido à piora do contexto pandêmico, os atos presenciais terão participação reduzida e as recomendações sanitárias estão mantidas, como: esquema vacinal completo, uso de máscaras do tipo PFF2 ou N95, distanciamento social e higienização das mãos com álcool 70%.

 

Em luta

 

Desde o início do ano, diversos segmentos do funcionalismo público federal têm se mobilizado pelo reajuste emergencial de 19,99%, referente às perdas causadas pela inflação nos primeiros três anos do governo Bolsonaro. Mas, há ainda as perdas históricas.

 

Apesar das tentativas da categoria, o governo segue sem abertura para o diálogo. Nesse contexto, as entidades mantêm uma agenda de mobilizações e decidiram que, caso não haja negociação, poderão deflagrar uma greve unificada a partir de 09 de março.

 

A seções sindicais do ANDES-SN têm realizado assembleias para deliberar sobre a adesão à construção da greve. Os(As) docentes sindicalizados(as) à ADUA votaram a favor por unanimidade, nesta terça-feira (15), em Assembleia Geral. 

 

STF

 

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Luiz Fux, afirmou, na terça, que levará à Corte o pedido de reajuste salarial dos(as) funcionários(as) públicos(as) do Judiciário. O ministro recebeu a diretoria da Federação Nacional dos Trabalhadores do Judiciário Federal e Ministério público da União (Fenajufe). A entidade integra a luta unificada pela recomposição salarial dos(as) SPFs.

 

O STF tem poder de apresentar um projeto de lei ao Congresso Nacional propondo o reajuste reivindicado. O documento que foi entregue pelo Fenajufe para apreciação da Corte pode ser lido aqui.

 

 

Fontes: ADUA com informações do Sinasefe, Fonasefe, ANDES-SN, Fenajufe e Poder 360

 

 

 



Galeria de Fotos
 

 

COMENTÁRIO:


NOME:


E-MAIL:

 






energia solar manaus

Manaus/Amazonas
Av. Rodrigo Otávio Jordão Ramos, 6.200, Campus Universitário da UFAM, Setor Sul Coroado - CEP 69080-900 - Manaus/Amazonas

energia verde

CENTRAL DE ATENDIMENTO:
+55 92 4104-0031
+55 92  98138-2677
aduasindicato@gmail.com

ADUA DIGITAL