Av. Rodrigo Otávio Jordão Ramos, 6.200, Campus Universitário da UFAM, Setor Sul Coroado - CEP 69080-900 - Manaus/Amazonas

Whatsapp +55 92  98138-2677
+55 92 4104-0031


Viva Melhor


   


  09/02/2022


#SOSCIENCIA: Movimento estudantil convoca mobilização por reajuste de bolsas



 

Contra os cortes na educação e em defesa da ciência, pesquisadores e pesquisadoras realizam o Dia Nacional de Mobilização em defesa do reajuste de bolsas de estudo da pós-graduação no Brasil, nesta quinta-feira (10). A agitação virtual será marcada pelo tuitaço com as hashtags #SOSCIENCIA e #valorizabolsa, às 9h (horário de Manaus). A convocação é feita pela Associação Nacional de Pós-Graduandos (ANPG) com objetivo de fortalecer a pressão ao governo federal para a recomposição no valor das bolsas.

 

Sem reajuste há nove anos, as bolsas de estudo da pós-graduação perderam 60% do poder de compra em decorrência da inflamação acumulada desde 2013, quando ocorreu o último reajuste.

 

Atualmente, as bolsas de mestrado e de doutorado da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) são de R$ 1.500 e de R$ 2.200 ao mês, respectivamente. Considerando a inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC/IBGE), os valores deveriam ser reajustados para R$ 2.452,10 para mestrandas e mestrandos e R$ 3.596,41 para doutorandas e doutorandos.

 

Em atuação desde 1986, a ANPG ressalta que o(a) pós-graduando(a) é responsável diretamente por 90% da ciência brasileira, porém há muito tempo é desvalorizado(a), vivendo em um cenário injusto, sem condições adequadas para a produção científica e com valores de bolsas que pouco garantem a subsistência.

 

“Nesse contexto, em que todo o mundo desenvolvido eleva à ciência, tecnologia e inovação à questão de soberania, o governo brasileiro, deliberadamente, desmonta seu Sistema Nacional de Ciência & Tecnologia e condena seu ativo mais precioso – as pesquisadoras e os pesquisadores que produzem conhecimento – ao abandono, ao desemprego e à pauperização”, afirma a entidade.

 

Em outubro de 2021, houve um estrangulamento R$ 630 milhões dos recursos destinados ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), provocado pelo Projeto de Lei nº 16 (PLN 16), que resultou em cortes e atrasos no pagamento de bolsas de pesquisas.  Na ocasião o ANDES-SN e outras entidades repudiaram o redirecionamento da verba pelo Projeto de Lei nº 16 (PLN 16). 

 

Já no final de julho e início de agosto, um “apagão” atingiu o servidor do CNPq e deixou fora do ar as Plataformas Lattes e Carlos Chagas.

 

O movimento estudantil mantém a luta pela valorização do pesquisador e da pesquisadora, convocando todos e todas para a mobilização que seguirá a seguinte programação:

 

Fortalecimento e divulgação abaixo-assinado virtual da Campanha Nacional "Reajuste das Bolsas Já!". Atualmente o documento já conta com mais de 62,7mil assinaturas.

 

10h: Tuitaço com as hashtags #SOSOCIENCIA #VALORIZABOLSA.

 

14h: Comentaço nas redes sociais da CAPES, CNPQ, Ministério da Educação e Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI).

 

14h: Compartilhamento de fotos com plaquinha usando #SOSCIENCIA e marcação das páginas @anpgoficial, @capes_oficial e @cnpq_oficial

 

 

Fontes: com informações do ANDES-SN e ANPG.



Galeria de Fotos
 

 

COMENTÁRIO:


NOME:


E-MAIL:

 






energia solar manaus

Manaus/Amazonas
Av. Rodrigo Otávio Jordão Ramos, 6.200, Campus Universitário da UFAM, Setor Sul Coroado - CEP 69080-900 - Manaus/Amazonas

energia verde

CENTRAL DE ATENDIMENTO:
+55 92 4104-0031
+55 92  98138-2677
aduasindicato@gmail.com

ADUA DIGITAL