Av. Octávio Hamilton Botelho Mourão, 6.200, Campus Universitário UFAM, Setor Sul, bairro Coroado 1. CEP 69080-900

Whatsapp +55 92  98138-2677


Viva Melhor


   


  03/11/2021


“Novembro Negro” traz protestos contra o racismo e novo ato Fora Bolsonaro



 

Novembro traz uma nova agenda de lutas contra a opressão, o racismo, a fome, a miséria e pelo Fora Bolsonaro. Com o Dia de Luta pela Consciência Negra (20), o mês tem uma série de atos programados, entre eles a Marcha das Periferias. Outra ação prevista é mais um Ato Nacional pelo Fora Bolsonaro, programado para 15 de novembro.

 

As mobilizações são fundamentais considerando que a população negra é um dos segmentos da sociedade brasileira que mais sofre violência. De 2016 a 2020, a cada duas horas, um adolescente negro morreu vítima da violência no Brasil.

 

No total, 34.918 mortes violentas de crianças e jovens foram registradas nos últimos cinco anos no país. Destas, 31 mil vítimas tinham idade entre 15 e 19 anos, sendo 80% delas (25.592) negras. Os dados são do Fórum Brasileiro de Segurança Pública e do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef).  

 

“Eles continuam no modus operandi da escravidão. O que ocorre é uma pena de morte informal para os filhos da classe trabalhadora na periferia”, afirma o integrante da Secretaria Executiva Nacional da CSP-Conlutas e do movimento Quilombo Raça e Classe, Júlio Condaque.

 

Em nota a Secretaria Executiva Nacional da Central Sindical Popular Conlutas (CSP-Conlutas) – a qual a ADUA integra –, afirmou que atuará na centralidade dos atos convocados para 20 de novembro. “Todos os sindicatos e movimentos filiados à Central estão convocados para organizar e participar ativamente dos protestos marcados em todo o país, especialmente nas capitais, dentro da nossa linha de unidade”, afirmou a entidade no documento.  

 

Fora Bolsonaro

 

Neste ano, segundo informações de Condaque, a Marcha da Periferia e o Dia Nacional da Consciência Negra terá como tema “Aquilombar as Lutas de Raça e Classe pela Vida e por Direitos! Não queremos ditadura nunca mais e nem escravidão! Fora Bolsonaro e Mourão!”.

 

Os atos terão como bandeiras as lutas por emprego; contra a carestia; por terra, moradia, saúde e educação; contra a PEC 32 (Reforma Administrativa); em defesa dos serviços públicos e das liberdades democráticas e contra os ataques de Bolsonaro, Congresso, governadores e prefeitos.

 

Na nota, a CSP-Conlutas orientou, ainda, a participação nas manifestações pelo Fora Bolsonaro previstas para 15 e 20 de novembro. “(...) onde tiver possibilidade e parceiros a partir das iniciativas locais e regionais, sempre observando o marco de unidade para a ação direta, preservando sua autonomia, independência de classe e a defesa das pautas da classe trabalhadora”.

 

Foto: ANDES-SN 

 

Fonte: com informações da CSP-Conlutas



Galeria de Fotos
 

 

COMENTÁRIO:


NOME:


E-MAIL:

 






energia solar manaus

Manaus/Amazonas
Av. Octávio Hamilton Botelho Mourão, 6.200, Campus Universitário UFAM, Setor Sul, bairro Coroado 1. CEP 69080-900

energia verde

CENTRAL DE ATENDIMENTO:

+55 92  98138-2677
aduasindicato@gmail.com

ADUA DIGITAL