Av. Octávio Hamilton Botelho Mourão, 3000, Campus Universitário UFAM, Setor Sul, bairro Coroado. CEP 69080-005

Whatsapp +55 92  98138-2677


Viva Melhor


   


  05/07/2021


Entidades em defesa da educação foram às ruas pedir impeachment de Bolsonaro



Fóruns, Frentes, movimentos sociais, movimentos estudantis, sociedade civil e entidades da educação, entre eles o ANDES-SN e suas seções sindicais, tomaram às ruas neste sábado (3). Em todo o país as manifestações ecoaram o pedido da saída de Jair Bolsonaro do Governo federal e a responsabilização pelos seus atos e omissões diante da pandemia.

 

Milhares de pessoas se manifestaram com críticas às graves denúncias de irregularidades na aquisição de vacinas contra a Covid-19, que se tornaram públicas na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI). A foto de Jair Bolsonaro foi estampada em reproduções de notas de dinheiro manchadas de vermelho que davam o recado: “Para Bolsonaro, cada vida vale 1 dólar”. “Não era negacionismo, era negócio”, estava escrito em um cartaz empunhado por uma manifestante na Praça da Saudade, em Manaus (AM).

 

Em defesa da vida, pelo menos 362 atos foram realizados em todo o Brasil. Segundo organizadores, o 3J mobilizou cerca de 800 mil pessoas, em 312 cidades do país. Houve ainda protestos em 35 cidades de 16 países no exterior.  

 

Além das questões relacionadas ao combate à Covid-19, como o auxílio emergencial de R$ 600 até o fim da pandemia e a aceleração da vacinação, os e as participantes pediram o fim das privatizações, respeito a comunidade negra e LGBTQIA+,  mais investimentos em Educação e Saúde, demarcação de terras indígenas e a não aprovação da Reforma Administrativa.

 

Para a presidente do ANDES-SN, Rivânia Moura, o momento pede que a classe trabalhadora continue avançando na luta. ‘‘Hoje foi mais um dia de luta pelo Fora Bolsonaro. No Brasil inteiro, tivemos pessoas pelas ruas, pois não é hora de recuar. É hora de ir para cima do Congresso Nacional para que a vontade do povo brasileiro seja respeitada e que coloque o impeachment de Jair Bolsonaro para andar e que ele possa ser punido por todos os crimes que cometeu’’, comentou.

 

Carros de som, faixas e cartazes das centrais sindicais em defesa da educação estiveram nas ruas em diversas capitais e cidades. No Amazonas ocorreu manifestação em Manaus, Parintins e Humaitá, que contaram com a participação de docentes e estudantes da Universidade Federal do Amazonas (Ufam). Também foi registrada a participação de outras seções sindicais do ANDES-SN em diferentes regiões do país.  Veja a galeria de fotos:

 

 

SINDUECE em Fortaleza. Créditos divulgação/ SINDUECE

 

Adufpb em João Pessoa (PB). Crédito: Ricardo Araujo/ Adufpb

 

Adufmat nas ruas em Cuiabá. Crédito: Luana Soutos/ Adufmat

 

Ato nas ruas de Belém (PA). Crédito: Danielle Ferreira/ ADUFPA

 

ADUFC em defesa da vida em Fortaleza. Crédito: Raquel Chaves/ADUFC

 

Aprofurg no Rio Grande

 

Asduerj no Rio de Janeiro. Crédito: Asduerj/ divulgação

 

Recomendações sanitárias

 

Assim como nos atos dos dias 29 de maio e dia 19 de junho, as e os manifestantes foram orientadas e orientados a seguirem a  recomendação é seguirem o protocolo sanitário. Nos atos foram distribuídas máscaras PFF2, oferecido álcool em gel 70% pra higienização das mãos e feita a recomendação para o distanciamento social e para o não compartilhamento de objetos como garrafas de água. Pessoas com sintomas gripais ou que residam com pessoas com comorbidades foram orientadas a não participarem dos atos.

 

Fontes: com informações do ANDES-SN e CSP-Conlutas.

 



Galeria de Fotos
 

 

COMENTÁRIO:


NOME:


E-MAIL:

 






energia solar manaus

Manaus/Amazonas
Av. Octávio Hamilton Botelho Mourão, 3000, Campus Universitário UFAM, Setor Sul, bairro Coroado. CEP 69080-005

energia verde

CENTRAL DE ATENDIMENTO:

+55 92  98138-2677
aduasindicato@gmail.com

ADUA DIGITAL