Av. General Rodrigo Otávio, 3000, Campus Universitário UFAM - Coroado

Whatsapp +55 92  98138-2677
+55 92  98138-2677


Viva Melhor Viva Melhor


   


  10/03/2021


ANDES-SN emite nota de repúdio à perseguição de Bolsonaro à Aduferpe



A vice-presidente da Associação dos Docentes da Universidade Federal Rural de Pernambuco (Aduferpe – Seção Sindical do ANDES-SN), professora Erika Suruagy, foi convocada a depor na Polícia Federal (PF), em inquérito criminal aberto a pedido do presidente Jair Bolsonaro. A apuração diz respeito aos outdoors, fixados no final do ano passado, com os dizeres “O senhor da morte chefiando o país. No Brasil, mais de 120 mil mortes por Covid-19. #ForaBolsonaro”.

 

Em nota de repúdio, o ANDES-SN ressaltou que esta medida aparece, em um curto período, de outras situações de perseguição docente como Ofício Circular nº 4/2021, do Ministério da Educação (MEC), revogado ante a pressão política, e os Termos de Ajustamento de Conduta (TACs) assinados por colegas da Universidade Federal de Pelotas (Ufepel). “Toda solidariedade à professora Erika Suruagy e à militância da Aduferpe!”, encerra a nota de repúdio do Sindicato Nacional.

 

A Aduferpe também se posicionou e afirmou que o caso “trata-se de um brutal ataque à mais elementar liberdade de expressão garantida constitucionalmente. É uma tentativa de calar opiniões e intimidar o legítimo e livre exercício da atividade associativa. Por outro lado, no mérito, a crítica ao governo federal externada no outdoor – e que pode facilmente ser estendida a outras esferas de governo – revelou-se desgraçadamente justa: à época eram 120 mil mortes a lamentar, hoje já são quase 300 mil”.

 

A Seção Sindical informou que a assessoria jurídica da entidade garante que não há base legal para a instauração do processo. “O fato de a professora Erika Suruagy ter sido convocada e de ter que prestar depoimento na Polícia Federal é de inteira responsabilidade de Jair Bolsonaro. Ele está claramente tentando intimidar sindicalistas, cientistas, professores, servidores públicos, artistas, intelectuais e cidadãos que discordam da política do governo. Não conseguirá! A unidade do conjunto dos trabalhadores e trabalhadoras, com suas organizações sindicais e populares, vai barrar essas intimidações e ameaças de Bolsonaro. A democracia e o livre direito de opinião serão defendidos por todos e todas”, afirma a Aduferpe.

 

Fontes: com informações da Aduferpe e do ANDES-SN



Galeria de Fotos
 

 

COMENTÁRIO:


NOME:


E-MAIL:

 






energia solar manaus

Manaus/Amazonas
Av. General Rodrigo Otávio, 3000, Campus Universitário UFAM - Coroado

energia verde

CENTRAL DE ATENDIMENTO:
+55 92  98138-2677
+55 92  98138-2677
aduasindicato@gmail.com

ADUA DIGITAL