Links Úteis
 
 
 
 
 
 
Confira a programação das manifestações nos Estados no Dia do Basta (10)
Data: 08/08/2018

A organização das mobilizações do Dia do Basta já está na reta final e a próxima sexta-feira (10) promete ser um forte dia de luta em todo o país. Há informes de paralisações, protestos e atos sendo organizados na maioria dos Estados. A Associação dos Docentes da Ufam (ADUA) irá participar do Dia do Basta: Dia Nacional de Mobilização e Paralisações, a partir das 15h, na Praça Heliodoro Balbi (Praça da Polícia), no Centro de Manaus.

Trabalhadores da cidade e do campo, das mais variadas categorias, juventude, aposentados, mulheres, negras e negros, LGBTs, irão realizar um dia de manifestações para dizer basta aos ataques dos governos e patrões. Todos irão para as ruas dizer basta de desemprego e de ataques à aposentadoria e aos direitos trabalhistas.

Serão levadas bandeiras contra o preços abusivos dos combustíveis e do gás de cozinha, em defesa do serviço público, pela derrubada da Emenda Constitucional 95, que congelou os investimentos públicos no país, pela revogação da Reforma Trabalhista e da Lei da Terceirização, contra os atrasos de salários dos (as) servidores públicos e dos ataques das prefeituras às condições de vida e trabalho do funcionalismo, as privatizações, por reformas Agrária e Urbana, contra o genocídio nas periferias e a criminalização das lutas, para fortalecer o apoio às categorias em campanha salarial, como Bancários, trabalhadores dos Correios, servidores, metalúrgicos, petroleiros, entre outras.

Em algumas regiões, já estão definidas as categorias onde haverá mobilização e os atos a serem realizados. Em outras, plenárias organizativas ainda acontecerão até está quinta-feira (9).

Confira o quadro parcial da programação nos Estados:

Amazonas

O dia 10 vai contar com um ato na Praça da Polícia, no Centro de Manaus. Estão sendo mobilizados docentes e demais integrantes da comunidade acadêmica da Universidade Federal do Amazonas e do Instituto Federal do Amazonas (Ifam), bem como os trabalhadores de maneira geral e movimentos sociais e populares.

São Paulo

Em São Paulo, as centrais e os movimentos populares marcaram a concentração para o ato a partir das 10h, na Avenida Paulista, região central, em frente ao prédio da Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo). Categorias como bancários, trabalhadores dos Correios, metalúrgicos, professores, funcionários públicos estaduais e federais deverão se somar às mobilizações. Em São José dos Campos, o Sindicato dos Metalúrgicos organiza uma série de assembleia e mobilizações em fábricas da categoria. Campinas, no interior do estado, também terá um ato organizado pelos trabalhadores, a partir das 16h, no Largo do Rosário, no centro da cidade.

Rio de Janeiro

Plenária organizativa reuniu diversas entidades e setores, como a Regional 7 do SEPE, o Sindiscope, aeroviários, trabalhadores dos Correios, comerciários do Sindiconir, ANDES/SN, Sintur-RJ, a AdurRJ, oposição bancária, portuários, garis e a juventude da ANEL. As entidades presentes se incorporarão nas atividades que ocorrerão no dia 10 de agosto. Como parte da luta pela redução dos preços dos combustíveis e do gás de cozinha, haverá uma concentração, a partir das 16 horas, em frente ao Edifício Sede da Petrobrás (EDISE), que fica na Av. República do Chile. A partir dessa concentração será realizada caminhada até a Praça XV, onde ocorrerá o ato unificado convocado pelas centrais sindicais.

Minas Gerais

Em Belo Horizonte, haverá um ato unificados das centrais, com concentração na Praça Afonso Arinos, às 11h, e passeata até a Praça Sete. Sindicatos da região norte do estado, como Pirapora, Várzea da Palma e Patos de Minas foram definidas mobilizações no setor metalúrgico e têxtil. Em Juiz de Fora, reunião nesta quarta-feira (8) definirá a programação.

Paraíba

Em João Pessoa, os professores da rede municipal, assim como da rede estadual, programam paralisação nesta sexta. Os servidores municipais de Bayeux também devem paralisar suas atividades. Uma nova plenária nesta quarta (8), na Fetag, às 17h, fará os últimos ajustes e definirá outras mobilizações do dia de luta, que também terá um ato unificado com passeata pelo centro da capital paraibana.

Pará

Em Belém, haverá ato unificado das centrais sindicais e uma plenária vai fechar os detalhes. Na sexta, terá uma audiência sobre a BNCC (Base Nacional Curricular Comum) na capital e o dia de luta também irá protestar contra a reforma do Ensino Médio.

Santa Catarina

Em Florianópolis, o ato unificado das centrais terá concentração em frente à Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc ), às 15h, e seguirá em direção à Fiesc (Federação das Indústrias de Santa Catarina).

Espírito Santo

Haverá dia de manifestações dentro do campus da Ufes.

Paraná

Em Curitiba, há informes de mobilizações do Sinditest, Adunioeste, Sinteoeste e Sindprevs. A CSP-Conlutas não participará de atos que fujam do eixo unificado definido pelas centrais sindicais e incluam a defesa de Lula.

Rio Grande do Norte

Em Natal, o dia 10/8 coincide com o lançamento da campanha salarial dos (as) trabalhadores (as) bancários (as), que deverão marcar a data com manifestações. A partir das 8 horas, a categoria se concentrará no Banco do Brasil da Av. Rio Branco, com um café da manhã e atraso de funcionamento das agências. Há também movimentações nas categorias abrangidas pelo SINTSEF, SINTEST e SINAI.

Sergipe

Em Aracaju, estão programadas atividades na UFS (Universidade Federal de Sergipe), paralisação da Fábrica de Fertilizantes Nitrogenados (Fafen) da Petrobras e ato unificado das centrais na parte da tarde na Gal. Valadão.

Piauí

Em Teresina, os professores da rede estadual em greve já aprovaram participação neste dia de luta. Os servidores municipais realizarão assembleia com paralisação. Tem ato marcado com concentração na Praça Rio Branco, às 9h.

Maranhão

Na capital maranhense, São Luís, o Dia do Basta começa às 6h, na Barragem do Bacanga, em frente ao portão da Universidade Federal do Maranhão, com caminhada até a Cajazeira. Acontecerá também um ato, às 13h30, em frente à Justiça do Trabalho pela revogação da Reforma Trabalhista e em defesa da Justiça do Trabalho.

Pernambuco

Uma série de panfletagens nessa semana está divulgando o Dia do Basta, inclusive nas estações de metrô da capital pernambucana. Em Recife, o ato unificado das centrais será na Praça do Derby, às 15h, com proposta de passeata.

Distrito Federal

Em Brasília, professores e servidores da assistência social se organizam para este dia de luta. A CSP-Conlutas realiza ato junto com o SINDSASC (assistência social) na Praça Zumbi dos Palmares.

Fonte: CSP-Conlutas

Compartilhe com seus amigos:
Twittar Compartilhar
 
Comentários
 
Deixe seu comentário aqui:
 
Nome: 
Email (não será divulgado): 
Comentário (sujeito a moderação): 

Av. General Rodrigo Otávio, 3000, Campus Universitário, Coroado.
CEP 69080-005 Manaus, AM. Fone/Fax (92) 98138-2677.
E-mail: aduasindicato@gmail.com [Ver Mapa de Localização]